22/04/2014

Um pouco de endomarketing não faz mal a ninguém !

Um pouco de endomarketing não faz mal a ninguém !

Endomarketing pode ser definido como um conjunto de ações utilizadas para vender a imagem da empresa  aos colaboradores.

A filosofia de tratar colaborador como cliente, tem como estratégia moldar o trabalho dos funiconários às demandas do cliente, além de valorizá-lo como pessoa. É uma necessidade das organizações que desejam crescer, conquistar mercados, fidelizar clientes e garantir a sua sobrevivência. Ambientes menores, a proximidade entre os colaboradores facilitam as relações, porém, não dispensam ações de endomarketing, seja campanha de vendas ou um simples treinamento.

O endomarketing deve ter como principio o planejamento. Não esperar que os problemas venham à tona, para que seja feita alguma ação para o colaborador. Analisar seu cliente interno e descobrir seus pontos positivos e negativos, para elaborar campanhas de endomarketing produtivo e ótimo resultados para os colaboradores e empresa. Todo colaborador busca seus espaço, agindo corretamente e desempenhando um bom trabalho, os afagos sempre são bem vindos.

Empresas de todo o mundo têm tratado o tema com maior cuidado, especialmente a partir do advento da Globalização, que acelerou os processos de troca e a interconexão dos mercados, incluindo gradualmente o Endomarketing na pauta de discussões estratégicas que, direta ou indiretamente envolvem os recursos humanos.

Pode-se imaginar o quanto o Endomarketing será importante para o crescimento dos negócios . E o quanto representará para as empresas que souberem como estruturar seus planos de abordagem aos empregados, visando a máxima qualidade do produto ou serviço que oferecem aos seus clientes.

O fato de se destinar unicamente ao público interno das organizações termina por diferenciar substancialmente o Endomarketing do Marketing. As pessoas nas organizações possuem necessidades muito específicas e são atingidas pela comunicação de maneira direcionada, mais explícita do que normalmente acontece com o consumidor comum.

Pode parecer que por se tratar de um público menor e fechado a atuação do Endomarketing é menos complexa, portanto mais suscetível ao sucesso do que o marketing, que é mais aberto e de diagnóstico mais amplo. Isso é um erro.

Considerando que as organizações são aglomerações humanas, com interesses comuns e também divergentes, eis a complexidade que reveste a gestão de pessoas e o conseqüente direcionamento do Endomarketing para a obtenção dos resultados esperados.

Elogios não devem ser reservados apenas para os bons momentos. As pessoas precisam de afirmação quando se sentem um fracasso. Agir nesse momento é essencial, quebra um pouco a ligação profissional e nos deixa mais humanos perante a situação

Então compartilhe essa idéia e elogie mais!